Escritório em São Bernardo do Campo – SP

  • E-mail: 
  • Telefone: (11) 4337-1390 ou (11) 4125-5199
  • Endereço: Avenida Getúlio Vargas, 521 – Vila Baeta Neves
  • São Bernardo do Campo – SP – Brasil – CEP 09751-250

 


 

Gabinete em Brasília – DF

  • E-mail: 
  • Telefone: (61) 3215-5740
  • Endereço: 7° Andar – – Anexo IV – Gabinete 740 
  • Câmara dos Deputados – Palácio do Congresso Nacional – Praça dos Três Poderes – Brasília – DF – Brasil – CEP 70160-900
Compartilhe clicando nos ícones abaixo:
Share

357 comentários em “Contato

  1. Avatar
    comunicacao

    Alberto,
    Informo que o governo acaba de autorizar mais contratações de AFTs.
    Att.
    Paulo

  2. Avatar
    comunicacao

    Prezado Luiz,
    A sua mensagem será levada ao conhecimento do deputado Vicentinho.
    Att.
    Paulo Cesar
    Chefe de Gabinete

  3. Avatar
    comunicacao

    Prezado Sibel,
    Quem agradece o apoio somos nós. De fato a tramitação é demorada. Mas faremos o possível para que ele seja aprovado. Para isso contamos com o apoio de todos vocês. Se dispuser de contatos da categoria, por favor nos envie. Será importante para mantê-los informados das nossa ações.
    Att.
    Paulo Cesar
    Chefe de Gabinete

  4. Avatar
    comunicacao

    Prezada Edilaine, incumbiu-me o deputado Vicentinho de agradecer-lhe, de todo o coração, pela mensagem de apoio.
    Att.
    Paulo Cesar
    Chefe de Gabinete.

  5. Avatar
    comunicacao

    Prezado Senhor Omar, incumbiu-me o deputado Vicentinho de responder a sua mensagem e informar que a tramitação da PEC 270/08 depende de vários fatores. O principal deles é a concordância do governo, já que é ele quem vai ter que tomar as providências advindas da sua aprovação. Da nossa parte estamos fazendo o possível para que haja um consenso sobre o tema. As aposentadorias por invalidez foram muito debatidas nesta casa e já passou da hora da PEC ir à votação. Infelizmente, ainda não foi possível um acordo. Estamos atuando para que as revisões constitucionais, tão necessárais, acontecem logo.
    att.
    Paulo Cesar
    Chefe de Gabinete

  6. Avatar
    comunicacao

    Obrigado pela mensagem Fernando. Estamos atentos.
    Att.
    Paulo

  7. Avatar
    comunicacao

    Prezado Raimundo,
    Tenha a certeza de que estamos fazendo o possível para que a PEC 300 seja votada o mais brevemente possível.
    Att.
    Paulo Cesar
    Chefe de Gabinete

  8. Avatar
    comunicacao

    prezada companheira, estamos fazendo a nossa parte. Dia 20 realizamos audiência pública na Câmara dos Deputados e formalizamos denúncias junto ao INSS.
    Att.
    Paulo Cesar
    Chefe de Gabinete

  9. Avatar
    LUCIA RIOS

    VICENTINHO PECO QUE AJUDE NÓS QUE PRECISAMOS DO INSS,SOMOS HUMILHADAS PELOS PERITOS,JÁ TIVE ALTA DE PERNA QUEBRADA ISSO QUE TRABALHO DE VENDEDORA;

  10. Avatar
    Raimundo

    Ao Excelentíssimo Deputado Vicentinho,
    Bom dia! O meu nome é Raimundo Luís, sou Acariense, trabalho na Polícia Militar do RN. Gostaria de contar com o apoio do Sr. na luta pela aprovação da PEC 300, sei que não é fácil, mas como acompanho à sua luta em defesa dos trabalhadores do Brasil, conto com seu apoio nessa luta.

    Muito grato!!
    Raimundo

  11. Avatar
    Fernando Lyra Reis

    Prezado Deputado,

    Recebo a notícia de que Conselhos da área da saúde estão sugerindo modificação do PL 1549/03, excluindo o direito de diplomados em faculdades de acupuntura, com tristeza e decepção. É impressionante que se defendam interesses classistas e pequenos, de forma contrária ao interesse maior da população brasileira. O que é melhor, uma formação de 1200 horas, em uma Pós-graduação, ou uma formação de 4000 horas em uma graduação, havendo possibilidade de termos mestrados e doutorados e desenvolvendo a pesquisa em nosso país, em uma área importante e nova como a acupuntura (Medicina Tradicional Chinesa)? É uam vergonha que Conselhos se menofestem contrariamente ao interesse de seus afiliados e da população brasileira! Sou biomédico e presidente do Sindicato os Profissionais de Acupuntura do Estado do Rio de Janeiro. Esperamos que o Deputado Viventinho não se deixe seduzir por interesses menores! Abs.

  12. Avatar
    Omar Rocha Garrocho

    Prezado e Nobre Deputado Federal Vicentinho,
    O nosso abraço fraternal,como filho de um ex preso político,meu pai,Walter de Oliveira Tim Garrocho,ex vereador por 15 anos em Teófilo Otoni,torturado fisicamente e psicologicamente,interromperam sua carreira política,foi o homem mais procurado do vale do Mucuri,sofremos muito,me aposentei por Invalidez,e não consigo entender que hoje,colegas do meu pai,se bem que não se conheceram pessoalmente,más lutaram arduamente contra os militares,com o objetivo das reformas de base do Jango,colegas como Dilma Rousseff,hoje presidente do Brasil,o Lúla,José Genuíno,José Dirceu,etc,não entendo o porque dos esquecimento e da injustiça que fizeram com os aposentados por Invalidez,tirando nossos direitos aduiridos da constituição de 1988,tirando nossa Paridade,A emenda const.47 restituiu a volta da Paridade,excluindo apenas os aposentados por Invalidez,tremendo genócídio e matança aos poucos aos aposentados por Invalidez,por que Dilma Rousseff,O presidente da Câmara,e toda a bancada parlamentar não empenhem em consertar isso deputado Vicentinho?Tá passsando da hora,ou querem que os aposentados morram primeiro,que coloquem na Pauta de Julgamento em plenário a PEC 27O/2008 DA de autoria da Deputada Andréia Zito,esta Pec,nossa única esperança,e gostaria de perguntar ao nobre dep.Vicentinho,que desde 2008,já fazendo tres anos de aniversário,o que pode acontecer com esta PEC 270,JÁ QUE ELA SE ENCONTRA LEGAL PARA SER VOTADA,APENAS QUE COLOQUEM EM PAUTA DE JULGAMENTO,JÁ LI TODO O RELATÓRIO DESTA PEC ,É A CAUSA MAIS JUSTA NESTE PAIS,E VAI SER UMA GRANDE VITÓRIA TANTO DE NÓS APOSENTADOS COMO VOÇES,DEPUTADOS FEDERAIS E SENADORES,E A PRESIDENTE DO BRASIL ,DILMA ROUSSEFF,QUE PENSEM EM DEUS E JESUS CRISTO E SE APIEDEM DE NÓS APOSENTADOS POR INVALIDEZ,E EMPENHEM NA VOTAÇÃO DESTA PEC E SUA APROVAÇÃO,A PERGUNTA AO SENHOR SERIA,O QUE PODE ACONTECER COM ESTA PEC,NÃO VOTANDO AINDA E NÃO COLOCANDO NA PAUTA,PODERÁ ELA FICAR ENGAVETADA E ESQUECIDA E ATÉ CADUCAR,GOSTARIA QUE O SENHOR ME INFORMASSE ISSO,AGUARDO RESPOSTA DEPUTADO VICENTINHO,QUE DEUS LHE PROTEJA E LHE DE MUITA SAUDE ,ALEGRIAS,SUCESSOS NA SUA VIDA PARLAMENTAR E QUE LHE PROPORCIONE MUITOS E MUITOS MANDATOS,DEUS LHE ABENÇOE DEPUTADO,OBRIGADO PELOS INFORMATIVOS,MEU ENDEREÇO É RUA AMADEU ONÓFRE, 140,bAIRRO MANOEL PIMENTA, CEP 39802083-TEÓFILO OTONI-MG,FONES (33) 35228018 35213422 E 8813 5144 E 88887699,TAMBÉM TENHO PARENTES QUE RESIDEM AI EM SÃO PAULO,CONTE COM AGENTE DEPUTADO.

  13. Avatar
    Edilaine Batis dos Santos

    Boa tarde deputado, sou instrutora de autoescola, e estou aqui para parabeniza-lo pela iniciativa, e dar o meu apoio a retirada das aulas de direção no periodo noturno, visando assim a minha segurança e dos demais instrutores.
    E fico feliz ao saber que alguém realmente se preocupa com a segurança. com certeza o Sr. ganhou o meu voto e minha confiança e tenho certeza que todos os meus colegas de trabalho.

    Parabéns pelo trabalho…

  14. Avatar
    sibel souza

    Ola deputado, o senhor nao imagina a minha felicidade e dos outros colegas + – 200 instrutores do interior paulista quando soubemos do projeto de lei 2056/2011, para revogar as aulas noturnas,mais por nossa ignorancia achavamos que isso seria rapido, por exemplo a partir do mes de outubro estariamos livres das malditas aulas noturnas mais logo em seguida voltamos a ficar muito triste, pois conversando com pessoas que entende os tramites da camara descobrimos que isso demora muito tempo principamente em ano politico, mais como o senhor deputado ja deu o primeiro passo, nos todos os trabalhadores do BRASIL, so podemos agradecer , e confiar que os nobres colegas do deputado tenha a conciencia de discutir e publicar tal projeto urgentemente.
    obrigada, conte conosco sempre

  15. Avatar
    Luiz Gustavo Amorim Corrêa

    Caro companheiro Vicentinho – Sou tecnico Agricola no municipio de Andradina e conto com vosso apoio para aprovação de um Projeto de Lei que Esta quase pra “sair“ é sobre PISO SALARIAL DOS TÉCNICOS AGRICOLAS. Atualmente é uma vergonha um Técnico formado que tem de pagar meio salário ao conselio (CREA), receber salário (base) R$ 725.00 (isso sendo concursado no municipio).
    Os Técnicos Agricolas aqui do interior estamos contando com a ajuda do companheiro.

    Foi aprovado no dia 10.05.2011, na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça do Congresso Nacional), em Brasilia, o Piso Nacional dos Tecnicos.
    Agora o PL 2861/2008, que instituí o valor de R$ 1.940,00 de piso para os Técnicos Agrícolas e Industriais vai ao plenario da Câmara dos Deputados para votação. Conclamamos a todos os cidadãos interessados nesta conquista e que tenha acesso de qualquer natureza a um Deputado Federal, que conversse com ele e solicite seu apoio para que este PL seja votado e aprovado o mais rápido possível. Esta luta não é só do SINTAMIG / FENATA E ATABRASIL e sim de todos os profissionais, estudantes e interessados.

    Vamos continuar lutando por esta conquista.

  16. Avatar
    Alberto

    Caro Deputado,

    Alguém sabe explicar como o governo dos trabalhadores reduziu o número de fiscais do trabalho pela metade do que havia durante o governo FHC?

    Os Direitos Humanos das crianças expostas ao trabalho infantil e dos trabalhadores que se encontram em condições degradantes ou análogas às de escravo precisam de ajuda, o mínimo patamar civilizatório alcançado pelo ocidente, representado pelo trabalho livre e digno, precisam de ajuda.

    No Brasil uma das principais instituições de combate a tal desrespeito aos Direitos Humanos é a Fiscalização do Trabalho que, infelizmente, encontra-se hoje com um número de auditores-fiscais absolutamente insuficiente para cumprir sua missão, o que fere, inclusive, importante convenção da OIT (81) da qual o Brasil é signatário. Ou a sociedade civil organizada cobra explicações da nova equipe de governo sobre qual será sua postura diante do Trabalho Infantil e Escravo ou todas as cartas e compromissos assumidos durante a campanha serão como palavras ao vento.

    Entre 2003 e 2010, os AFTs libertaram mais de 33 mil escravos e arrecadaram mais de 57 milhões de reais em indenizações. Dos 15 milhões de empregos formalizados entre 2003 e 2010, um terço (5.178.547) foram registrados diretamente em ações fiscais. Ou seja, se não fossem os AFTs só teriam sido criados 10 milhões de empregos com carteira assinada. Esse desempenho está ameaçado pela baixa de AFTs: o número de empresas fiscalizadas em 2010 foi o menor desde 2003 (255.503). Queda de 16% em relação à média de 2003 a 2009; 2010 teve o menor número de notificações para recolhimento de FGTS, desde 2003.

    Mesmo assim, a arrecadação do FGTS diretamente feita através de ações fiscais somou 2,34 Bilhões de reais no período!

    Noutro passo, a quantidade de ações fiscais relativas à segurança do trabalho em 2010 foi a menor desde 2005:
    2005 – 166.126
    2006 – 162.058
    2007 – 157.376
    2008 – 145.815
    2009 – 158.065
    2010 – 135.621

    Queda de 14,2% em relação a 2009 e de 18,4% em relação a 2005.

    Enquanto isso, a quantidade de benefícios de natureza acidentária pagos anualmente pela Previdência tem aumentado no meio urbano: Entre 2007 e 2009, o número de auxílios-acidente aumentou 27%; o número de auxílios-doença cresceu 16% e o número de aposentadorias por invalidez quase dobrou (subiu 92%).

    Todavia, o número de Auditores do Trabalho em exercício hoje é menor do que no final da déc. de 90. Ou seja, apesar da relevância social e aos cofres públicos, a fiscalização do MTE, aparentemente, passa por um processo de desmonte. Enquanto isso, o número de denúncias de trabalho escravo e infantil não para de crescer, inclusive com um fenômeno antes desconhecido: redução do trabalhador à condição análoga à de escravo no meio urbano, em grandes centros.

    Para um país que será o foco de atenções internacionais pelos próximos anos (copa do mundo, olimpíadas, pré-sal, etc…) a fragilidade na fiscalização do trabalho pode gerar conseqüências graves.

    As crianças exploradas, os trabalhadores cuja dignidade foi roubada não têm como se defender sozinhas.

    Grato,

    Alberto

  17. Avatar
    Luis Wallau

    Deputado Vicentinho,

    Há o Projeto de Lei do Dep. D. Sperafico que na sua essência pretende prejudicar em muito a classe do Representantes Comercias. Trata-se do PL nr. 1439/2007 que quer diminuir o valor de eventual rescisão contratual do Repr. Coml. em caso de rompimento contratual sem justa causa. Como deve ser de vosso conhecimento o autor deste Projeto é um grande Industrial que infelizmente esta legislando em causa própria em detrimento a classe trabalhadora (no caso os Representantes Comercias).
    Por favor, não deixe esta injustição ocorrer. Favor lutar em prol do trabalhador não deixando ser aprovado o PL 1439/2007.

  18. Avatar
    Carlos Simões Louro Junior

    Prezado Deputado.
    À tempos atrás solicitei ao senhor que lutasse pelo fim do fator previdenciário e o aumento dos aposentados, que a presidente vetou, ocorre que ha um movimento no senado do qual o Paim faz parte no sentido de derrubar o veto da presidente, por favor participe de forma atuante, se possível fale da tribuna. Outro fato que me entristeceu e muito foi o Supremo adiar pela terceira vez a votação da desaposentadoria, quando já estava pautado para julgamento, verifique o que esta acontecendo, e traga a público, foi muito triste o que aconteceu, os aposentados e os entereçados estavam assistindo na TV STF, os julgamentos, quando iria ser julgado a desaposentação, os ministros foram como de praxe para o café e na volta sem satisfação alguma, passaram para outros julgamentos sem julgar o RE 381367. O pleito é de interesse de milhões de brasileiros e em especial para aqueles com mais de 60, sequer respeitaram a Lei do idoso dando prioridade ao julgamento. Esse processo vem se arrastando desde que o Ministro Tofoli, de forma cruel depois de mais de 3 anos aguardando julgamento o processo entrou em agosto do ano passado em pauta, pediu vistas e ficou com o processo ate o inicio deste ano, quando todos estão cansado de saber do que se trata, tendo inclusive o voto apresentado pelo Ministro Marco Aurelio como relator, não precisava ter segurado tanto tempo o processo consigo, agora já pautado 3 vezes para julgamento e não é julgado, estão dizendo que pautaram para semana que vem, já não acredito que julgaram se não tiver pressão, algo muito estranho esta acontecendo, nos ajude e torne público se é o governo que esta pressionando os recem nomeados. Muito obrigado, que DEUS NOS AJUDE!!!

  19. Avatar
    Bruna Cristina'

    Deputado Vicentinho,
    Sou uma moradora da cidade São José do Rio Preto/SP, conheço o Sr. pelas eleições. Estava vendo os movimentos que vem ocorrendo na minha cidade #vergonhariopreto, e sua assessora ANNA CLEUMA LIMA BRAGA, deveria ser mais seria, e não difamar, nem injuriar como ela vem fazendo contra outros politicos, gosto do Senhor mais estou envergonhada pela sua assessora, por ser baixa, e levando seu nome ao ridiculo também, pois não esta sabendo protestar nem fazer manifestação e sim chingar os outros. ESCOLHA MELHOR seus asssessores, por que mulher desse nivel, ninguem gosta.

  20. Avatar
    PAULO

    BOA NOITE, MUITOS TRABALHADORES VOTARAM EM SUA PESSOA PELA PROMESSA DE APROVAR O PROJETO LEI DAS 40 HORAS SEMANAIS, ESSA QUE NEM SE FALA MAIS NEM NA MIDIA E NEM EM LUGAR NENHUM, VAMOS TENTAR COLOCAR ESTA QUESTÃO EM PAUTA NOVAMENTE, OU OS EMPRESARIOS CALARÃO VOCÊS; ABRAÇO.

  21. Avatar
    Geovane Barbosa Santos

    Boa tarde a todos, quero direcionar minha crítica ao Sr. Vicentinho, na última eleição para Deputado Federal votei nele, agora me arrependo, pois ele votou a favor do novo código florestal, gostaria de saber qual a vantagem em aprovar esse novo código florestal, como isso pode trazer benefício para toda a sociedade brasileira????

  22. Avatar
    Geraldo Payão

    Prezado Deputado: Sinto-me muito à vontade em conversar com Vossa Excelência, pois, sou um dos fundadores do PT em minha cidade, Bragança Paulista. Sou proprietário de auto escola e está difícil ministrar aulas noturnas, em razão da falta de segurança que hoje campeia no territorio nacional. Há notícia de que tramita no Congresso uma lei ou qualquer coisa semelhante visando acabar com as aulas noturna. É verdade ?. Estou torcendo para que isso aconteça. Posso aguardar sua resposta ? Obrigado. Geraldo Payão

  23. Avatar
    Mauricio

    Deputado Vicentinho, sou trabalhador de montadora do ABC e gostaria de solicitar seu apoio na aprovação do projeto de lei 4566/2008 sobre a correção do saldo de FGTS, o qual vai beneficiar toda a classe trabalhadora, inclusive os trabalhadores já aposentados que poderão recuperar perdas ocorridas, contribuindo também com o programa habitacional do Brasil, pois aumentará o poder aquisitivo dos trabalhadores e também para amortizar ou quitar valores de financiamento habitacional dos trabalhadores que já tenham comprado imóvel.

    A aprovação terá grande repercusão e reconhecimento, pois envolve toda a classe trabalhadora do Brasil.

    Existe projeto semelhante no Senado, PLS 193/2008 que está com a relatoria da Senadora Marta Suplicy.

    Desde já agradeço seu apoio.

    Agradeço em nome de todos os trabalhadores do Brasil que serão beneficiados com a aprovação da lei.

  24. Avatar
    ednilson misael pincelli

    JAU 14/07/2011

    Presado Deputado Sr. Vicentinho.
    Como admirador de seus projetos direcionados aos menos favorecidos, e ao nosso Brasil, revendo suas Lutas sindicais os beneficios conquistados para os trabalhadore brasileiro, criei coragem de solicitar seu apoio junto ao MTE. Para que tenha conhecimento de nossa atual situaçao ou seja da situaçao do sindicato em que sou diretor fundador desde 1994. dignissimo deputado, ja passaram varios ministros no MTE. INFELISMENTE, TODOS TRABALHANDO DE MAIS, MAS SEM CUMPRIR SEU VERDADEIRO PAPEL NA FUNÇAO PELA QUAL FOI ESCOLHIDO PARA EXERCER, ESTIVE VARIAS VEZEZ EM BRASILIA, SAINDO DO INTERIOR DO ESTADO DE SAO PAULO PARA TER AUDIENCIA COM ASCESSORES DOS MINISTROS, OQUE CAUSAME SURPESA E QUE NO PRIMEIRO MOMENTO ELES ENCHERGA O ERRO COMETIDO PELO MTE. FALAM QUE VAO RESOUVER E NUNCA RESOLVEM NADA. NO ANO DE 1994, VARIOS TRABALHADORES DE JAU E REGIAO, SE REUNIRAM PARA FUNDAREM UM SINDICATO QUE REALMENTE O REPRESENTASSEM, PELO MOTIVO DESTES TRABALHADORES NAO ESTAREM CONTENTE COM A PELEGAGEM EXITENTE, NA EPOCA, E ATUALMENTE, DENTRO DA LEGISLAÇAO DA EPOCA, E ATUAL E CONFORME DOC. ASS. COM A OIT. ORGANISAÇAO INTERNACIONAL DOS TRABALHADORES. COM TODAS DOCUMENTAÇOES CORRETAMENTE DENTRO DA LEGISLAÇAO BRASILEIRA, FOI FUNDADO O SINDICATO, E INCAMINHADO PARA O MTE. ESTRANHAMOS QUE O PROCESSO DESAPARECEU E NINQUEM DO MTE. SABIA ONDE SE ENCONTRAVA O MESMO. TIVEMOS QUE ENTRAR JUCICIALMENTE PARA APARECER O PROCESSO DE FUNDAÇAO DA ENTIDADE, NO ANO PASSADO ESTIVEMOS EM BRASILIA.ESTIVEMOS COM O ASSESSOR DO MINISTRO, E COM A ASCESSORA DANIELE BEM ATAR, NESTA OCASIAO O ASCESSOR QUE NOS ATENDEU VERIFICANDO OS DOCUMENTOS QUE ESTAO NO MTE. DEIXOU BEM CLARO QUE OQUE ESTAVA ACONTECENDO ERA QUE O SINDICATO TINHA SIDO ABORTADO SEM TER SIDO GERADO. E SOLICITOU QUE A Sra DANIELE BEM ATAR TOMASSE AS PROVIDENCIAS PARA EFETUAR O REGISTRO DA ENTIDADE. SO QUE TODAS AS VEZEZ QUE TENTO ENTRAR EM CONTATO COM ELES A RESPOSTA E QUE O PROCESSO ESTA PARA ANALICE, E NUNCA CONSIGO FALAR PESSOALMENTE COM O MINISTRO. SOLICITO APOIO DE VOSSA SENHORIA PARA INTERVER JUNTO AO MTE. E NOS AJUDAR DE UMA VEZ POR TODAS ESSA SITUAÇAO. TEMOS EM NOSSA BASE TERRITORIAL MAIS DE 11.000 TRABALHADORES E TEMOS EM NOSSO QUADRO ADIMINISTRATIVO APROCIMADAMENTE 60% de ASSOCIADOS, E UM OUTRO ABSURDO E QUE SINDICATO PELEGO DA SIDADE DE BAURU ENTROU CONTRA AS EMPRESAS QUE ESTAVAM RECOLHENDO AS CONTRIBUIÇOES ASSOCIATIVAS EM FOLHA DE PAGAMENTO DOS ASSOCIADOS DO SINDICATO CAUSANDO PREJUIZO, EM NOSSOS COFRES PORQUE TEMOS DESPESAS QUE NAO SAO POUCAS, E AS EMPRESAS FIZERAM UM TAC. COM O MTE. E JA FAZEM SEIS MESES QUE NAO ESTAO RECOLHENDO AS MENSALIDADES ASSOCIATIVA, OQUE NOS DEIXA TRISTE E SABER QUE QUEM PAGA OS SALARIOS DO MINISTRO, DO PROCURADOR,QUE ESTA NOS PREJUDICANDO SOMOS NOS TRABALHADORES. PEDIMOS SEU APOIO INTERCEDENDO JUNTO AO MTE. E QUE O MESMO SE FAÇA CUMPRIR A LEGISLAÇAO SEM QUE TENHAMOS QUE ENTRAR COM AÇAO JUDICIAL, PORQUE SABEMOS QUE E MUITO DEMORADO O ANDAMENTO DO PROCESSO, E QUE SO NAO FOI RESOLVIDO AINDA POR MOTIVOS POLITICOS QUESTAO INTERNA DO MTE. QUEREMOS SALIENTAR QUE A LEI E PARA SER CUMPRIDA E NAO PARA SER USADA DE MANEIRA ESCUSA COMO TEM ACONTECIDO DENTRO DO MINISTERIO DO TRABALHO O N. DO PROCESSO E 4600000.002667/94, NOSSO CNPJ. 66.490.731/0001-70, O NOME DA ENTIDADE E SINDICATO DOS TRABALHADORES EM SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS DE JAU, E REGIAO PROCESSO ATUALISADO A NOMENCLATURA CONFORME LEGISLAÇAO= SR17974 QUERO QUE FIQUE REGISTRADO QUE O EX DEP. NACHAR, QUEM NOS DEU ATENÇAO, QUANDO ESTIVEMOS EM BRASILIA, PEDIU PARA QUE FALASSEMOS COM O DEP. JOAO DADO, PORQUE QUEM CONSEGUIRIA RESOLVER, SERIA ELE POIS O MINISTRO E ELE SAO DO MESMO PARTIDO POLITICO. FOMOS ATENDIDO PELA ASS. DINA.MAS NAO OBTIVEMOS RESPOSTA NENHUMA AINDA, APESAR DAS SOLICITAÇOES POR ELA FEITAS A PEDIDO DO DEPUTADO JOAO DADO. E MUITO LAMENTAVEL QUE PESSOAS COMO ELES QUE OCUPAM CARGOS IMPORTANTES E SAO PAGOS SEUS SALARIOS POR NOS NOS TRATARMOS COM DESPRESO, ESTAMOS DEPOSITANDO CONFIANÇA NO SENHOR PORQUE SABEMOS DE SUA ESTORIA DE VIDA E A LUTA QUE TEVE PARA CHEGAR ONTE ESTA. FIQUE COM DEUS E QUE DEUS CONTINUE ILUMINANDO SEUS TRABALHOS E SUA REPRESENTAÇAO PARA O POVO BRASILEIRO EM NOME DE TODA NOSSA CATEGORIA DESDE JA AGRADESSEMOS SUA ATENÇAO E ESTAMOS NO AGUARDO. NOSSO TELEFONE DE CONTATO E (14)xx30325626- meu celular. (14)xx98047466 CIDADE DE JAU/SP

  25. Avatar
    Flavio R. de Aquino

    Bom dia deputado como seu eleitor e toda a minha familia, gostaria de manifestar minha indignação com a posição do governo a fusão do pão de açúcar com o carrefour, com o dinheiro do BNDES, fico muito triste, continuo vendo o dinheiro meu e dos, meus irmão/as brasileiros/as sendo usado como ferramenta de auxilio a megas empresario é lamentavel essa posição do governo, esse novo grupo podera chegar ao monopolio do varejo.
    Seja petista não de apoio a essa manobra….

  26. Avatar
    Anselmo Duarte Vilela

    Olá companheiro;Fui demitido da RFFSA em 91 por ser mlitante do PT e por ter trbalhado na campamha do Lula contra o Collor.o companheiro BEto Cury sabe quanto trabalhei na campanha do Lula.Tambem fiz parte do MUF (Movimento de Unoão dos Ferroviários) agora esparo anistia, estou com requerimento no ministerio de orçameto e gestão, será que o companheiro pode mim ajudar a ter meu emprego de volta

  27. Avatar
    Wilson

    Senhor Deputado Federal Vicentinho
    Perdoe a minha ignorância nesses assuntos politicos, mas seria possível haver algum projeto de lei para liberar senão todo, parte do fgts para o custeio do ensino superior do trabalhador.

    Acredito que tão importante quanto a aquisição de uma casa seria a conquista de um título de bacharel que poderia ajudar muito o trabalhador em caso de desemprego.

    Parabéns pelo trabalho e obrigado pela atenção

  28. Avatar
    ELIANA GOMES ALIXANDRIA

    SOU TECNICA DE ENFERMAGEM E GOSTARIA DE TRABALHAR EM UM HOSPITAL.
    ATUALMENTE PRESTO SERVIÇO PARA UMA COOPERATIVA. SERA QUE PODE ME AJUDAR?

  29. Avatar
    Silvania

    O EXAME DA OAB, O LIVRO E A OBSERVAÇÃO – VLADIMIR SOUZA CARVALHO

    Não consigo acreditar na seriedade dessa conversa de que os cursos jurídicos no Brasil estão/são deficientes. Primeiro, não há um estudo sério, nem estudo algum sobre a matéria. Segundo, quem lança o veneno é a Ordem dos Advogados do Brasil, para justificar o seu exame. E, por aí é que a afirmativa se complica, porque não se mede curso jurídico com um exame, nem a Ordem dos Advogados do Brasil é, nem nunca foi, instituição de ensino jurídico, nem o exame que faz é por ela elaborado, nem ela, via de seus mais ilustres membros regionais e nacionais, passaria pela sua própria armadilha, digo exame, o que é bem mais trágico.

    Depois, vem outra realidade escondida atrás da serra. A Ordem dos Advogados do Brasil crítica os cursos jurídicos realizados em garagem, mas, estranhamente, não alevanta uma só palavra contra os cursinhos preparatórios para o seu exame. Ou seja, as faculdades de direito, que funcionam com base em autorização ministerial, que recolhem contribuições sociais e se sujeitam as normas gerais do imposto de renda, incrementando, assim, a receita do Estado, são deficientes. E os cursinhos, que não gozam de nenhuma autorização estatal, que passam ao largo da Previdência Social e do Imposto de Renda, com uma economia totalmente informal, são melhores? Os olhos que enxergam as faculdades de direito se fecham para os cursinhos preparatórios para ingresso na Ordem dos Advogados do Brasil. É assim?
    Não é interessante que a Ordem dos Advogados do Brasil não lance uma só palavra sobre os cursinhos, o que, no fundo, tirando o nevoeiro que infesta a paisagem, se vislumbra em uma profunda cumplicidade, porque os cursinhos, meus ilustres senhores, colaboram com a manutenção do exame de Ordem e o valoriza a ponto de o bacharel em direito ter de recorrê-los para poder se aventurar a uma aprovação.

    Da ilegalidade e da inconstitucionalidade do exame de Ordem, não tenho dúvida alguma. O livro, que escrevi, a respeito, já está circulando pela Juruá Editora, de Curitiba, que tem publicado diversos livros de minha [modesta] autoria a vinte e um anos. Demonstro, no livro, entre outras verdades, que a interpretação conferida pela Ordem dos Advogados do Brasil ao inc. XIII, do art. 5º., da Constituição, é tão cega quanto limitada, por desconhecer completamente o significado de qualificação profissional, no que as leis administrativas são tão pródigas em exemplificar, e esquecer que a educação se volta para a qualificação do homem para o trabalho. É só ir lendo a Constituição, artigo após artigo, depois do art. 5º., para se atracar, lá adiante, perto do final, no art. 205. É só cotejar, também, a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, para ver, em nível de legislação ordinária, a materialização da norma aninhada no art. 205, da Constituição Federal.

    E, onde a lei ordinária, a lei da Ordem dos Advogados do Brasil, a Lei 8.906, de 1994, conferiu a Ordem dos Advogados do Brasil o poder de aferir conhecimentos de bacharéis em direito? Através de um instituto, o do exame de Ordem, que a lei não explicita o que é, e, ademais, manda que seja regulamentada pelo Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, em total afronta a regulamentação das leis, que é ato privativo da Presidência da República, conforme art. 84, inc. IV, da Constituição? Deus do céu! Isso é direito liquido e certo?

    Parece que a Constituição Federal foi escrita em dialeto grego. A Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional deve ser uma norma qualquer, insignificante, que não merece o menor comentário, nem para ser refutada, pela Ordem dos Advogados do Brasil. Lei no Brasil só existe uma, a do Estatuto da Ordem dos Advogados do Brasil. Ente político no Brasil só existe um, a Ordem dos Advogados do Brasil, que, até agora, tem cantado de galo com a imposição de um exame ilegal e inconstitucional.
    ILEGALIDADE E INCONSTITUCIONALIDADE DO EXAME DE ORDEM está aí, circulando, na missão de trazer o debate atinente ao exame de Ordem para o campo jurídico, porque esta história de a Ordem dos Advogados do Brasil se arvorar de mestra, para criticar os cursos jurídicos, é balela pura, não só por lhe faltar autoridade legal, como cultural. E no aspecto, recomendo a leitura do livro pela diretoria da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional sergipana, para que, depois, possam os seus ilustres membros verificar, de cabeça fria, que, na defesa do exame de Ordem, que nunca conseguiram fazer com razões jurídicas, não vale a pena tentar desqualificar um magistrado, como um ilustre membro dessa diretoria tentou. Bater na pessoa do juiz é o maior sinal da falta de argumento para refutar o teor do decisório. É sinal da ignorância selvagem e do despreparo jurídico, inadmissível em membros de uma diretoria da Ordem dos Advogados do Brasil.
    Postado por MNBD- PE às 18:59
    1 comentários:

    Anônimo disse…

    Perfeito!Isso precisa ser divulgado ainda mais, para toda a sociedade ficar ciente do signicado e representação que a OAb tem para o cidadão.Depois são os bacharéis que são o perigo para a sociedade!!!
    Sexta-feira, 10 Junho, 2011

  30. Avatar
    Gilmar Lima

    Sr. Vicentinho,

    Como seu eleitor e ainda acreditando no pouco que sobra de dignidade desse que já foi um partido da massa, hoje se resumo a um partido comum, igual ao outros, gostaria MUITO mas MUITO mesmo de saber porque o senhor votou a favor da MP 527/09 que trata da vergonhosa autorização de sigilo para as obras da Copa e das Olimpíadas no Brasil, porque essa vergonha, porque esse tapa na cara do povo, sinceramente não esperava essa atitude de uma pessoa que veio do povo e com muita luta está em Brasilia nos representando e compactua, aliás, o senhor e TODA a bancada petista com a benção da nossa Presidente, gostaría de um minimo de explicação para a aprovação dessa vergonha.
    Sou do ABC e estou envergonhado com o PT, eu que defendi e muito esse partido, já fiz passeatas, caminhadas e o que ganhei com isso quando fomos ao poder, mais esse lamentável e triste TAPA NA CARA.
    Aguardo resposta

    GILMAR LIMA
    São Bernardo do Campo – SP

  31. Avatar
    edison

    ola vicentinho peço sua ajuda moro em são bernardo gostaria de fazer uma escrição da cdhu tive que sair da casa da minha mãe porque era só uma escrição por familia agora tenho que pagar aluguel só que pessa muito para mim aqui em casa só eu trabalho quero que por fafor atemda meu pedido só voto em vç porque sei que vç é do povão um abraço seu amigo edisom

  32. Avatar
    comunicacao

    Prezada Maria,
    Incumbiu-me o deputado Vicentinho de responder a sua mensagem.
    O processo de votação do Código Florestal foi bastante divulgado, mas muito pouco se falou do conteúdo dele, restando a todos somente que ele anistiou os desmatadores. Porém o Código Florestal é muito mais amplo e se faz urgente aprová-lo. O novo Código está agora no Senado e poderá ser aperfeiçoado durante os trâmites nas comissões de Meio Ambiente, Constituição e Justiça e de Agricultura, nas quais os debates costumam ser menos perturbados pela emoção, o que facilita a mediação e a eliminação de controvérsias. Na primeira dessas comissões, já se percebe que não deve prevalecer o clima de disputa entre ambientalistas e ruralistas, mas, sim, a busca de entendimento. Ele também irá à sanção presidencial.
    O Vicentinho não votou a favor dos ruralistas. Ele votou a favor do entendimento. Infelizmente os procedimentos adotados pelos deputados são vistos de forma equivocada pela população em geral, pois os fatos não chegam relatados da forma correta. A urgência de aprová-lo é vista como uma questão também da segurança alimentar e não somente a luta ambiental. O código também trata da vida dos ribeirinhos, dos agricultores familiares e cooperativas agrícolas, portanto ele foi uma vitória do entendimento. Avançá-lo na sua tramitação era uma necessidade.
    Saiba que o Deputado Vicentinho jamais trairia a sua hitória de luta.
    Att.
    Paulo Cesar
    Chefe de Gabinete

  33. Avatar
    AMAZOR RIBEIRO DE BARROS

    CARO DEPUTADO, E COM MUITA ALEGRIA QUE RECEBO VOSSA MENSAGEM COMUNICANDO, A INTENÇÃO E O APOIO, NO QUE SE REFERE AS CORPORAÇÕES DE GUARDAS MUNICIPAIS DO BRASIL, CLASSE ESTA QUE NECESSITA DE UMA PADRONIZAÇÃO NACIONAL, UMA VEZ QUE SOMOS OPERADORES DE SEGURANÇA, SEGUNDO DENOMINAÇÃO DO PRÓPRIO MINISTÉRIO DA JUSTIÇA, ESCLAREÇO, QUE, SOU DIRETOR DO SINDICATO DA MENCIONADA CLASSE DO LITORAL PAULISTA, ESTAMOS FORMALIZANDO JUNTAMENTE COM O INSTITUTO DE PESQUISA E FORMAÇÃO DE GUARDAS MUNICIPAIS, NO CENTRO DE CONVENÇÕES, A REALIZAÇÃO DO FORUM NACIONAL DE SEGURANÇA PUBLICA A NÍVEL MUNICIPAL, INFORMO AINDA QUE E A NECESSIDADE DE DISCUTIR O ASSUNTO PRINCIPALMENTE FACE AS GRANDES DIFERENÇAS DE ATUAÇÃO DAS GUARDAS DO INTERIOR PAULISTA EM RELAÇÃO AS DO LITORAL, TORNANDO DE FORMA INOPERANTE A OPERACIONALIDADE DAS REFERIDAS CORPORAÇÕES, PORTANTO ESTE APOIO E INCENTIVO E MUITO IMPORTANTE, MAIS UMA VEZ OBRIGADO

  34. Avatar
    MARIA APARECIDA TRAZZI VERNUCCI DA SILVA

    Companheiro….
    Venho por meio deste expressar minha indignação com sua postura frente ao novo código florestal. Vc votou a favor dele! não dá pra acreditar! Vc sempre esteve do lado das lutas populares e na defesa de um Brasil para todos, mais igual, mais fraterno e ter votado no que preconiza este novo código florestal é contraditório. Não entendi!!!!! o que aconteceu???? Tá dificil acreditar! Companheiro!!! dificil e muito triste!

    tida

  35. Avatar
    João Bosco

    Prezado Deputado.
    Estimado companheiro.
    Acompanhei e acompanho vossa trajetória.
    Fiquei preocupado com a materia que assisti no Jornal Nacional, sobre o colaborador que é obrigado a usar nextel ou mesmo celular em regime de
    obrigatoriedade pela empresa não tem direito a reclamar as horas excedentes que trabalhou em caso de demissão.
    Entendo que essa obrigatoriedade faz com que o colaborador fique a disposição da empresa para eventual chamada / atendimento.
    Segue
    TST vai unificar decisões sobre vários temas na justiça trabalhista
    Abs,

  36. Avatar
    comunicacao

    O MÍNIMO EM RECUPERAÇÃO
    Vicente Paulo da Silva (Vicentinho) *
    A política de valorização do salário mínimo adotada pelo governo Lula, agora seguida pelo governo da presidente Dilma Rousseff, garantiu ganhos reais de 53% acima da inflação ao trabalhador dessa faixa de renda . Reajuste muito acima dos ganhos de todas as categorias.
    A proposta em gestação pelo governo obedece ao acordo firmado por Lula com as centrais sindicais. É por isso que a presidenta da República se comprometeu a encaminhar ao Congresso Nacional proposta de política de longo prazo de reajuste do salário mínimo, conforme estabelece a Lei n° 12.255, de 15 de junho de 2010. Foi essa lei que fixou o salário mínimo em R$ 510 e determinou 31 de março de 2011 como data-limite para a fixação das regras de reajuste até 2023. Essa norma deve ficar no marco do acordo fechado com as centrais sindicais em 2010, em que a correção foi determinada pela soma do Produto Interno Bruto (PIB) de dois anos anteriores com a inflação do ano imediatamente anterior.
    Minha posição é cumprir o acordo entre as centrais sindicais e o governo, de valorização permanente do salário mínimo com o valor de R$ 545 agora e com perspectiva de grande aumento para o ano que vem, com reajuste previsto de pelo menos 13% . Por que cumprir o acordo? É preciso manter a palavra entre as partes. Na minha experiência como sindicalista a vida inteira, briga é briga mas, quando se faz acordo, ele precisa ser cumprido. Será muito ruim para as centrais sindicais, para os trabalhadores e para todos nós, sentarmos à mesa de negociação após ter descumprido o acordo anterior. Que credibilidade teremos quando não cumprimos a nossa parte ?
    Quem é assalariado sabe que, como disse Dilma, a manutenção de regras estáveis que permitam ao salário mínimo recuperar o seu poder de compra é pacto deste governo com os trabalhadores. Asseguradas as regras propostas, os salários dos trabalhadores terão ganhos reais sobre a inflação e serão compatíveis com a capacidade financeira do Estado brasileiro.
    Eu compreendo e não concordo com a postura do PSDB e do DEM. Afinal, eles não fizeram acordo nem no período Lula , muito menos no do FHC. Período este de arrocho dos salários dos trabalhadores, incluindo a desvalorização do salário mínimo. Foi graças ao nosso governo que tivemos reajustes do mínimo acima da inflação e ganhos reais. Isso, sem dúvida, é muito mais importante.
    Aos meus irmãos das centrais sindicais: eu compreendo e apóio a importância da luta pela antecipação do reajuste previsto para 2012. A luta é legítima. Entretanto, se nas negociações não for possível avançar, vamos garantir o acordo. Temos várias lutas a serem enfrentadas aqui na casa, pela jornada de 40 horas semanais sem redução de salário, pelo fim do fator previdenciário, pela regulamentação da terceirização para evitar a precarização do trabalho, pela PEC do trabalho escravo, pela defesa da convenção 158 da OIT e pela correção da tabela do imposto de renda, dentre outras. A luta continua.
    Nós, do PT, apoiamos unanimemente a política de salário mínimo adotada pelo governo Lula e mantida pelo governo Dilma. Depois de séculos de exploração, nossa população mais humilde vê-se representada por um governo com uma sensibilidade social que desde 2003 levou o Brasil a um outro patamar no cenário das nações, com crescimento econômico, distribuição de renda e redução das desigualdades sociais.
    Vamos ao debate!

    Vicentinho é deputado federal (PT-SP)

  37. Avatar
    comunicacao

    prezado companheiro, veja abaixo a justificativa apresentada por Vicentinho. Continuamos como sempre fomos: unidos na defesa da classe trabalhadora
    O MÍNIMO EM RECUPERAÇÃO
    Vicente Paulo da Silva (Vicentinho) *
    A política de valorização do salário mínimo adotada pelo governo Lula, agora seguida pelo governo da presidente Dilma Rousseff, garantiu ganhos reais de 53% acima da inflação ao trabalhador dessa faixa de renda . Reajuste muito acima dos ganhos de todas as categorias.
    A proposta em gestação pelo governo obedece ao acordo firmado por Lula com as centrais sindicais. É por isso que a presidenta da República se comprometeu a encaminhar ao Congresso Nacional proposta de política de longo prazo de reajuste do salário mínimo, conforme estabelece a Lei n° 12.255, de 15 de junho de 2010. Foi essa lei que fixou o salário mínimo em R$ 510 e determinou 31 de março de 2011 como data-limite para a fixação das regras de reajuste até 2023. Essa norma deve ficar no marco do acordo fechado com as centrais sindicais em 2010, em que a correção foi determinada pela soma do Produto Interno Bruto (PIB) de dois anos anteriores com a inflação do ano imediatamente anterior.
    Minha posição é cumprir o acordo entre as centrais sindicais e o governo, de valorização permanente do salário mínimo com o valor de R$ 545 agora e com perspectiva de grande aumento para o ano que vem, com reajuste previsto de pelo menos 13% . Por que cumprir o acordo? É preciso manter a palavra entre as partes. Na minha experiência como sindicalista a vida inteira, briga é briga mas, quando se faz acordo, ele precisa ser cumprido. Será muito ruim para as centrais sindicais, para os trabalhadores e para todos nós, sentarmos à mesa de negociação após ter descumprido o acordo anterior. Que credibilidade teremos quando não cumprimos a nossa parte ?
    Quem é assalariado sabe que, como disse Dilma, a manutenção de regras estáveis que permitam ao salário mínimo recuperar o seu poder de compra é pacto deste governo com os trabalhadores. Asseguradas as regras propostas, os salários dos trabalhadores terão ganhos reais sobre a inflação e serão compatíveis com a capacidade financeira do Estado brasileiro.
    Eu compreendo e não concordo com a postura do PSDB e do DEM. Afinal, eles não fizeram acordo nem no período Lula , muito menos no do FHC. Período este de arrocho dos salários dos trabalhadores, incluindo a desvalorização do salário mínimo. Foi graças ao nosso governo que tivemos reajustes do mínimo acima da inflação e ganhos reais. Isso, sem dúvida, é muito mais importante.
    Aos meus irmãos das centrais sindicais: eu compreendo e apóio a importância da luta pela antecipação do reajuste previsto para 2012. A luta é legítima. Entretanto, se nas negociações não for possível avançar, vamos garantir o acordo. Temos várias lutas a serem enfrentadas aqui na casa, pela jornada de 40 horas semanais sem redução de salário, pelo fim do fator previdenciário, pela regulamentação da terceirização para evitar a precarização do trabalho, pela PEC do trabalho escravo, pela defesa da convenção 158 da OIT e pela correção da tabela do imposto de renda, dentre outras. A luta continua.
    Nós, do PT, apoiamos unanimemente a política de salário mínimo adotada pelo governo Lula e mantida pelo governo Dilma. Depois de séculos de exploração, nossa população mais humilde vê-se representada por um governo com uma sensibilidade social que desde 2003 levou o Brasil a um outro patamar no cenário das nações, com crescimento econômico, distribuição de renda e redução das desigualdades sociais.
    Vamos ao debate!

    Vicentinho é deputado federal (PT-SP)

  38. Avatar
    comunicacao

    prezado senhor marcos,
    incumbiu-me o deputado Vicentinho de responder a sua mensagem para informar que não arredou pé de ser representante dos trabalhadores. Embora abaixo do ideal, esse foi o valor possível e sem demagogia. obrigado pela sua mensagem.
    att.
    paulo cesar
    chefe de gabinete

  39. Avatar
    comunicacao

    prezado senhor Carioca,
    incumbiu-me o deputado Vicentinho de responder a sua mensagem e colocar-me à sua disposição . O meu e-mail é paulo@vicentinho.com
    Att.
    Paulo Cesar
    Chefe de Gabinete

  40. Avatar
    comunicacao

    prezado senhor Vanderlei,
    obrigado por escolher o deputado Vicentinho para apresentar a suas sugestões.
    levaremos a sua proposta à análise da nossa consultoria legislativa.
    Att.
    Paulo Cesar
    Chefe de Gabinete

  41. Avatar
    comunicacao

    Prezado Igor,
    Estamos atentos e faremos o possível para aprovar um relatório que defenda o meio ambiente.
    Att.
    Paulo Cesar
    Chefe de Gabinete

  42. Avatar
    José Cardoso

    pARABÉNS, VAMOS JUNTOS GANHAR A BATALHA CONTRA A OAB, SOU MAIS UM DAQUELES QUE ESTOU PERDENDO MINHA FAMÍLIA E AMIGOS,POR NÃO PASSAR NESSE EXAME DE ORDEM, FALE COM A NOSSA P´RESIDENTA E COM A SENADORA IDELI, PRA ACABAR COM ESSE EXAME, SOMOS MAIS FORTES QUE ESSA OAB, E MOSTRAR QUE NOSSO PT TEM PEITO E DIGNIDADE E RESPEITA A CONSTITUIÇÃO, VAMOS ACABAR COM A RESERVA DE MERCADO, E COM ESSA MÁFIA.
    PARABÉNS
    jOSÉ cARDOSO /SC

  43. Avatar
    Igor Tobias

    Prezado Deputado Vicentinho,

    Em nome do futuro desse país, peço que não seja votado o novo código florestal. Aprová-lo no atual modelo é punir as próximas gerações.

    Ainda há muito para ser discutido.

    Atc, Igor Tobias

  44. Avatar
    VANDERLEI APARECIDO SANTOS

    PRESIDENTE PRUDENTE, 02 DE MAIO DE 2011
    AO DEP. VICENTINHO
    ASSUNTO: VALE TRANSPORTE X TAXA DE EMBARQUE X PROJETO.
    1- NOBRE DEPUTADO, ME DIRIJO A VOSSA EXCELENCIA, PARA SOLICITAR QUE O DEPUTADO DOS TRABALHADORES COMO SEMPRE FOI E SERA, POSSA TA APRESENTANDO UM PROJETO NA CAMARA FEDERAL, PARA ALTERAR A LEI DO VALE TRANSPORTE , PELO MOTIVO ABAIXO.

    A) HOJE QUANDO O TRABALHADOR MORA EM UMA CIDADE E TRABALHA EM OUTRA A UMA DISTANCIA DE 100 KM COMO POR EXEMPLO ELE RECEBE O VALE TRANSPORTE DA EMPRESA COM O DEVIDO SUBSIDIO DA LE; POREM SE ESTE MESMO TRABALHADOR TIVER QUE EMBARCAR NA RODOVIARIA ONDE O MUNICIPIO COBRA A TAXA DE EMBARQUE ELE ARCARA COM ESTA TAXA EM SUA TOTALIDADE.
    B) PARA ILUSTRAR A REALIDADE SEGUE EM ANEXO UM CASO REAL ONDE SE PODE SER COMPROVADO A VERACIDADE, SENDO QUE NO CASO DOCUMENTOS FORAM FEITOS E ECAMINHADOS A VARIAS AUTORIDADES MUNICIPAIS POREM SEM EXITO NO OBJETIVO E HOJE A COMPANHEIRA EM QUESTAO NÃO PAGA A TAXA EM QUESTAO POR FORÇA DE UM ACORDO VERBAL ENTRE SINDICATOX EMPRESA ONIBUS, SENDO QUE PODERAR SER ROMPIDO A QUALQUER MOMENTO, DIANTE DISTO E QUE RESOLVI RELATAR AO NOBRE DEP. PARA QUE UMA ALTERAÇAO NA LEI FEDERAL POSSA BENEFICIAR A TODOS OS BRASILHEIROS(AS) QUE ESTA NESTA SITUAÇAO.

    MEUS SINCEROS AGRADECIMENTOS A VOSSA EXCELENCIA E SUA EQUIPE

    VANDERLEI APARECIDO SANTOS
    TELS (18) 39072993 RES. (18) 91390638 CELULAR
    e-mail vanderlei247@itelefonica.com.br

  45. Avatar
    Gomes (Carioca)

    Boa noite, aqui é o carioca, trabalhamos juntos pela luta do PT em São Bernardo do Campo, eu morava no Rudge, bairro onde você veio a residir com um tempo depois. Gostaria muito que você viesse a entrar em contato comigo, por e-mail: joicedrd@hotmail.com Caso se recorde, por favor entre em contato. Grato! Grande abraço

  46. Avatar
    comunicacao

    Prezado Luiz Fernando,
    Infelizmente só tive acesso a sua mensagem nesta data, após resolvido o problema de acesso à nossa página.
    Esta proposta surgiu durante a última greve dos trabalhadores judiciário de SP. Temos recebido muitos manifestações de apoio, no que dividimos o mérito com os companheiros sindicalistas do TJSP.
    Abçs
    Paulo

  47. Avatar
    comunicacao

    Prezado Wanderley,
    Conte conosco.
    Att
    Paulo

  48. Avatar
    comunicacao

    Prezado Wanderley,
    Obrigado pela sua mensagem
    att.
    paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *